NOTÍCIAS

30/07/2021

Honda CR-V 2021 chega renovado no design, com novos equipamentos e ainda mais seguro

A Honda Automóveis do Brasil inicia as vendas do CR-V 2021. O SUV mais completo da marca recebeu importantes mudanças no design, no nível de equipamentos e na segurança. Renovado, passa a ser o segundo modelo no Brasil a trazer a tecnologia de segurança e assistência ao condutor Honda SENSING.

Em sua quinta geração global, o SUV busca oferecer aos consumidores os mais altos níveis de qualidade e refinamento de rodagem em sua categoria, incluindo a maior precisão de direção, conforto e silêncio a bordo. O modelo é importado dos Estados Unidos e continuará sendo disponibilizado em versão única - Touring.   

No design, as mudanças do CR-V 2021 começam na dianteira, que traz uma nova grade frontal e um novo para-choque com visual mais marcante e robusto, permitindo um posicionamento destacado dos novos faróis de neblina em LED, além de manter os faróis full LED.

Na lateral, o SUV ganha novas rodas de liga leve de 18 polegadas escurecidas e novo friso cromado. O modelo também apresenta para-choque traseiro renovado e mais robusto, um friso “dark chrome” que percorre a tampa do porta-malas, além de acabamento fumê nas lanternas traseiras e novas saídas de escapamento retangulares, que complementam o visual.

Outra importante novidade é a adoção do teto solar panorâmico, que amplia a luminosidade para os ocupantes e dá um ar ainda mais sofisticado ao SUV flagship da Honda.

O interior do CR-V 2021 está ainda mais refinado. O modelo traz como grande novidade o console central redesenhado, que amplia a sua funcionalidade, com um novo sistema de bandeja retrátil, que permite a acomodação de diferentes tipos de objetos. Esse novo console central traz acabamento amadeirado – acompanhando as linhas do painel e das laterais de portas - e abriga ainda um inédito carregador de celular por indução, sem fios, além de portas USB reposicionadas, permitindo uma melhor organização de dispositivos eletrônicos.

O sistema de áudio também recebeu aprimoramentos com a inclusão de um subwoofer adicional no porta-malas, reforçando as frequências graves de som e totalizando nove alto falantes no veículo. A central multimídia de 7 polegadas com GPS nativo integrado e conectividade com smartphones, por meio dos sistemas Apple CarPlay e Android Auto, passa a ter botão físico giratório para o controle de volume.

Completando as novidades, o modelo ganha a tecnologia Idle Stop, que desliga automaticamente o motor em paradas, reduzindo ainda mais o consumo de combustível. O sistema tem funcionamento suave e preciso, garantindo o conforto de operação.

Segurança de alto nível

O CR-V sempre foi um SUV equipado com modernas tecnologias de segurança ativa e passiva. Para a linha 2021, a principal novidade é a adoção do Honda SENSING, avançado pacote de tecnologia de segurança e assistência ao condutor, que foi adotado pela primeira vez no Accord.

O Honda SENSING traz o ACC (Adaptive Cruise Control) com LSF (Low Speed Follow) - controle de cruzeiro adaptativo com ajuste de velocidade, CMBS (Collision Mitigation Braking System) com FCW (Forward Collision Warning) - sistema de frenagem para mitigação de colisão, LKAS (Lane Keeping Assist System) - sistema de assistência de faixa e o RDM (Road Departure Mitigation System) com LDW (Lane Departure Warning) - sistema para mitigação de evasão de pista.

O sistema é composto por uma câmera posicionada no topo do para-brisas e um sistema de radar, localizado na grade frontal. Por meio dessa combinação, com a detecção de objetos pelo radar e o seu reconhecimento pela câmera, o Honda SENSING auxilia o motorista na prevenção de acidentes. Ele ajuda a manter maior atenção sobre as condições de tráfego, alertando o motorista e, em determinadas condições, ajudando a evitar ou reduzir a severidade de uma colisão. Detalhando mais cada sistema, temos:

Controle de cruzeiro adaptativo com ajuste de velocidade

O Adaptive Cruise Control (ACC) com Low Speed Follow (LSF) auxilia o motorista a manter uma distância segura em relação ao veículo detectado à sua frente. É possível estabelecer a velocidade de cruzeiro desejada e o intervalo até o veículo da frente, permitindo o uso do piloto automático em condições de tráfego leve, evitando a necessidade de aceleração e desaceleração constantes em congestionamentos.

O sistema usa o radar e a câmera monocular para monitorar continuamente a distância do veículo à frente e ajusta a velocidade do CR-V para manter o intervalo estabelecido. É possível escolher entre um espaço curto, médio, longo ou extralongo. Se preciso, o CR-V freia automaticamente usando o modulador do Vehicle Stability Assist (VSA). O sistema Low Speed Follow (acompanhamento de fluxo em baixa velocidade) integrado aumenta a capacidade do piloto automático com a possibilidade de parada e partida dependendo das condições. 

O ACC funciona da seguinte maneira, nas situações descritas:

  • Um veículo é detectado na faixa à frente - Desacelera automaticamente, se preciso, e passa a controlar a distância.
  • O veículo à frente para - Para automaticamente e mantém o carro parado.
  • O veículo à frente arranca após parar - Retoma a marcha quando o botão SET ou RES é acionado ou o acelerador pressionado.
  • Outro veículo se posiciona entre o CR-V e o veículo à frente - Troca automaticamente de \"alvo\" para o veículo mais próximo à frente.
  • O veículo à frente sai da faixa - O sistema ACC continua na velocidade de cruzeiro previamente selecionada, entre 40 e 145 km/h.

Sistema de frenagem para mitigação de colisão

O Collision Mitigation Braking System (CMBS) é uma das tecnologias de assistência ao motorista mais avançadas. Trata-se do sistema de acionamento de freios ao detectar uma possível colisão frontal. Uma unidade de radar localizada atrás da grade dianteira e uma câmara monocular posicionada entre o espelho retrovisor e o para-brisa controlam as condições de tráfego à frente do veículo.

Se o sistema considera que é possível uma colisão com um veículo detectado, ele emite alertas visuais e sonoros para que o motorista execute ações corretivas. Se a situação não for corrigida, o CMBS pode aplicar diferentes níveis de frenagem automática para ajudar a reduzir a velocidade do veículo e eventuais forças de colisão, ajudando assim a diminuir a gravidade de um choque caso o motorista não intervenha. A unidade de radar e a câmera trabalham simultaneamente e em cooperação para controlar o modulador do Vehicle Stability Assist (VSA - assistente de estabilidade do veículo), que inicia a frenagem se for necessário.

Graças à eficiência da câmera monocular, o CMBS pode reconhecer formas e diferenciar entre veículos e pedestres, avisando o motorista em cada caso. É importante observar que o CMBS não pode detectar todos os objetos e nem tem como objetivo substituir a atenção do motorista às condições do trânsito e controle do veículo. O motorista deve intervir em determinadas situações e precisa estar sempre atento ao usar o sistema. Apesar de, em muitos casos, o CMBS parar o veículo, ele nem sempre aplica força de frenagem suficiente para evitar todas as colisões. O CMBS pode ser desativado.

Integrado ao CMBS, o Forward Collision Warning (FCW) usa a câmera monocular e o radar para detectar veículos à frente e determinar a possibilidade de uma colisão.  Isso ajuda a diminuir a tensão no tráfego, contribuindo também para elevar o nível de segurança passiva.

Se o sistema FCW detectar um veículo à frente do CR-V e determinar que pode acontecer uma colisão devido à diferença entre as velocidades dos dois veículos, ele dispara alertas visuais e sonoros para o motorista. O sistema FCW não irá frear automaticamente e o motorista continua sendo responsável por evitar colisões. Se o motorista não reagir aos alertas do FCW, então o CMBS entra em operação.

O motorista pode ajustar a distância em que os alertas do FCW irão ocorrer por meio da função \"Vehicle Settings\" nas telas de áudio de série ou Display audio. É possível escolher entre \"Long\" (longa), \"Normal\" ou \"Short\" (curta). Ele também pode ser desligado pela função Safety Support no painel.

Sistema de assistência de faixa

O Lane Keeping Assist System (LKAS) detecta as faixas de rodagem e ajusta a direção com o objetivo de auxiliar o motorista a manter o veículo centralizado nas linhas de marcação. O LKAS usa uma câmera para ler a sinalização das faixas e o Electric Power Steering (EPS) para ajudar o motorista a manter seu posicionamento dentro da faixa.

O sistema usa uma câmera monocular instalada na parte superior do para-brisa para identificar marcações pintadas, \'tartarugas\' e \'olhos de gato\' em velocidades entre 72 e 145 km/h. Quando o LKAS detecta que o motorista está desviando do centro da faixa, gera uma correção de direção para ajudar a manter o posicionamento. O motorista precisa manter as mãos no volante e os olhos na estrada.

O LKAS pode ser ativado ou desativado usando um botão localizado na parte inferior direita do volante. O sistema suspenderá a operação após vários segundos se o motorista tirar as mãos do volante, emitindo um alerta visual, e voltando à ação quando o motorista mexer com o volante.

Sistema para mitigação de evasão de pista

O Lane Departure Warning (LDW) serve para alertar o motorista se o veículo estiver saindo da faixa sem que o pisca esteja acionado. O sistema funciona em velocidades entre 72 e 145 km/h em estradas retas ou com curvas suaves, alertando sobre desvios de uma faixa detectada. O LDW usa a mesma câmera no para-brisa utilizada pelo CMBS e LKAS. Se o veículo começar a sair da faixa sem que o indicador de direção seja acionado, o LDW ilumina uma mensagem saída da faixa e emite avisos visuais e sonoros para que o motorista reaja. O sistema pode ser ativado ou desativado pelo botão RDM localizado no painel de instrumentos.

Há algumas condições em que o sistema pode não funcionar, como na neve, gelo, chuva forte ou calor extremo na cabine prejudicando a operação da câmera. O sistema para automaticamente de funcionar quando os freios são aplicados ou o pisca é acionado. O LDW pode não detectar todas as marcações ou saídas de faixa. A precisão depende do tempo, velocidade e condições da estrada. O motorista continua responsável por operar o veículo com segurança.

Parte do sistema LDW, o Road Departure Mitigation (RDM) é uma tecnologia que detecta a saída do veículo da pista e ajusta a direção com o objetivo de evitar a sua evasão e possíveis acidentes. Ele usa uma câmera monocular instalada na parte superior do para-brisa para identificar as faixas de sinalização contínuas ou tracejadas na pista, além de \'tartarugas\' e \'olhos de gato\'. O RDM usa a força da direção, através do EPS, para ajudar o CR-V a se manter em sua faixa, caso seja detectado que o veículo está atravessando uma linha contínua, e força de frenagem, através do Vehicle Stability Assist (VSA), para evitar que o veículo atravesse a faixa contínua ou saia da estrada.

A câmera monocular reconhece e identifica a faixa de rodagem. Se o sistema RDM verificar que o CR-V está prestes a deixar sua faixa, inicialmente irá intervir movimentando a direção e, em raras ocasiões, se a assistência à direção não for suficiente para evitar que o carro cruze uma linha contínua, aplicará os freios para ajudar o motorista a se manter na estrada. O RDM é integrado ao sistema VSA para executar frenagens moderadas e ao Electric Power Steering (EPS - assistência elétrica da direção) para respostas na direção.

Múltiplos alertas visuais avisam o motorista quando o sistema RDM executa alguma ação corretiva. Eles incluem um aviso de saída da faixa, juntamente com uma vibração no volante como alerta inicial. O sistema também pode ser desligado pela função Safety Support no painel.

O CR-V traz ainda outras tecnologias importantes de segurança. O Agile Handling Assist (AHA) aplica ativamente e de maneira seletiva os freios do veículo para melhorar a resposta inicial e a capacidade geral de percorrer curvas. Este sistema utiliza a vetorização de torque através dos freios para melhorar o traçado nas curvas e proporcionar maior confiança ao dirigir. Ele cria uma força de direcionamento pela aplicação de frenagem às rodas internas em curvas que provocam alta aceleração lateral, equilibrando a diferença de velocidade entre as rodas para diminuir a tendência do veículo a sair de frente. Dessa maneira, seu principal benefício está em proporcionar uma dirigibilidade precisa e ao mesmo tempo prazerosa para o condutor.

O sistema VSA analisa constantemente os dados dos sensores que monitoram a velocidade de cada roda, o ângulo do volante, as forças de aceleração lateral e longitudinal e o grau de desvio. Ele compara os comandos executados pelo motorista com a resposta real do veículo e sempre que a resposta ficar fora de uma margem aceitável pré-determinada, intervém com uma ação corretiva. Se for detectada uma tendência a sair de traseira, por exemplo, o sistema poderá aplicar força às rodas externas dianteiras e traseiras para contrariar o efeito de desvio indesejado. No caso de uma saída de frente, o sistema pode frear a roda traseira interna e reduzir a força do motor para ajudar o veículo a voltar à trajetória desejada.

O VSA também proporciona um efeito de diferencial com deslizamento limitado pela frenagem da roda que estiver escorregando, redirecionando assim a força do motor para a roda com maior tração. O VSA é calibrado para funcionar de uma forma quase imperceptível e, em muitos casos, o motorista não chega a notar que está em operação. De qualquer forma, sempre que o sistema trabalha melhorando a estabilidade do veículo, uma luz indicadora pisca no painel de instrumentos.

O sistema Honda LaneWatch™ utiliza uma câmera localizada na parte inferior do espelho retrovisor interno do lado do passageiro para mostrar uma imagem em ângulo aberto da via na tela de sete polegadas. A imagem aparece quando o pisca da direita é acionado ou quando um botão localizado na ponta da alavanca do pisca for pressionado.

O CR-V traz ainda o TPMS, um indicador indireto de pressão dos pneus, que usa a velocidade das rodas coletada pelo sistema de ABS para descobrir se a pressão de um dos pneus caiu abaixo dos valores recomendados. Quando isso ocorre, um alerta é exibido no painel para avisar ao condutor da situação.

Outro sistema que monitora a condução de forma ativa é o Driver Attention Monitor, que avalia constantemente a atuação do motorista nos comandos e na direção elétrica, para determinar se ele está desatento. No caso de o sistema detectar essa condição, ele alerta o condutor para uma pausa, por meio de um ícone no painel – uma xícara de café. Uma barra gráfica é exibida no painel indicando o nível de alerta do condutor. Caso esse indicador se reduza a um nível crítico, um aviso sonoro é ativado, bem como a direção vibra, para auxiliar na retomada da atenção por parte do motorista.

A segurança é complementada ainda por seis airbags (dois frontais, dois laterais e dois de cortina), sistema ISOFIX de fixação de cadeirinhas e freios ABS com EBD.

Conforto de alto padrão

O CR-V 2021 segue mantendo o elevado padrão de refinamento e praticidade do seu interior. A cabine espaçosa traz materiais de alta qualidade e reflete toda a tecnologia aplicada ao modelo, com o quadro de instrumentos digital de 7 polegadas, que disponibiliza importantes informações sobre o veículo por meio da Driver Information Interface (DII) posicionada no centro do painel.

O display mostra quando trocar o óleo, filtro de ar, fluído da transmissão, velas ou líquido de arrefecimento, quando fazer o rodízio dos pneus, além de apresentar informações fundamentais de condução, como velocidade, rotação e marcha adotada.

Essas informações também podem ser visualizadas no Head Up Display, que projeta informações coloridas em um elegante visor transparente que se eleva no momento da partida, ajustável de acordo com a altura do condutor, evitando distrações na condução.

Alguns dos itens importantes de conforto e praticidade disponíveis no Honda CR-V são a partida elétrica remota do motor, ar-condicionado digital com duas zonas e saídas de ar traseiras, freio de estacionamento elétrico (Electric Parking Brake - EPB), com sistema Brake Hold, tomadas USB para recarga na traseira, banco do passageiro com regulagem elétrica de quatro funções e banco do motorista com oito ajustes elétricos e memória.

O sistema Walk Away Auto Lock tranca automaticamente o veículo quando o motorista se afasta, se a distância do chaveiro até o veículo for maior que 2 metros por 2 segundos e quando nenhuma outra chave for detectada no interior do veículo. Para confirmar que o carro está trancado é emitido um sinal sonoro e as luzes de emergência piscam.

Já a Partida Remota do Motor permite que o motorista ligue o CR-V à distância por meio do controle da chave, acionando assim o sistema de climatização para uma temperatura desejada.

Alta versatilidade

O CR-V 2021 oferece espaço para bagagens amplo, largo e profundo. Com a segunda fileira de assentos dobrada, é possível carregar objetos de grandes dimensões, graças ao assoalho de carga totalmente plano. Além disso, o rebatimento dos bancos traseiros é feito de forma fácil, com um único movimento.

A tampa elétrica programável do porta-malas pode ser operada pelo controle remoto da chave, por um botão na porta do motorista, um botão acima da placa traseira (para abrir) ou um botão localizado dentro do porta-malas (para fechar).

O sistema de abertura do porta-malas sem o uso das mãos traz ainda mais praticidade. Basta simular um chute sob um dos dois sensores de movimento no centro da traseira do veículo (um na borda inferior do para-choque e outro sob o painel traseiro) para que a tampa abra automaticamente. Esse acesso funciona desde que o usuário esteja levando consigo o controle remoto da chave.

Para garantir a segurança da operação, o sistema conta com dois dispositivos: sensores de pressão nas laterais da tampa, que detectam caso alguém deixe a mão na área de fechamento, com sensibilidade alta para frear a porta e evitar ferimentos, e o sensor de resistência, que detecta caso uma pessoa ou objeto esteja obstruindo o fechamento automático da tampa.

Performance eficiente

O CR-V 2021 traz o eficiente motor turbo com 1,5 litro DOHC com injeção direta e quatro cilindros em linha com duplo controle de tempo de abertura das válvulas (Valve Timing Control - VTC), que proporciona um refinado e ágil desempenho ao longo de toda a sua faixa de operação.

Ele tem potência máxima de 190 cv a 5.600 rpm e torque máximo de 24,5 kgf.m, entre 2.000 e 5.000 rpm. O motor é combinado à transmissão continuamente variável (CVT) com lógica de controle Honda G-Shift, oferecendo baixo consumo de combustível e performance superior.

O CR-V traz ainda o sistema Active Shutter Grille, que reduz o arrasto aerodinâmico em velocidade de cruzeiro, ajudando diretamente a melhorar a eficiência no consumo de combustível na estrada. Ele utiliza um motor de passo controlado por um processador que acompanha os parâmetros de temperatura mais importantes, como a do fluído de arrefecimento, temperatura do óleo e as exigências do ar-condicionado.

O sistema abre ou fecha as persianas superiores e inferiores simultaneamente para controlar o volume de ar que flui através do radiador do motor e do condensador do ar-condicionado, além do intercooler. As persianas inferiores deixam uma pequena área sempre aberta para otimizar o fluxo de ar, mesmo quando fechadas. O sistema é projetado para manter as persianas fechadas sempre que for possível, mesmo no trânsito urbano, para melhor desempenho aerodinâmico e eficiência de consumo.

Tração eficiente em qualquer cenário

O sistema de tração nas quatro rodas Real Time AWD oferece um equilíbrio otimizado entre capacidade, utilização amigável e conjunto leve e eficiente em consumo. O motorista pode simplesmente pisar no acelerador e deixar que a tração maximize o uso da aderência e capacidade de subida disponíveis. A operação é completamente automática.

Acionando as rodas dianteiras quando necessário, o sistema passa força instantaneamente para as rodas traseiras nas arrancadas, mesmo em piso seco, trabalhando em cooperação com o VSA e o Motion-Adaptive Electric Power Steering (EPS - direção elétrica adaptada ao movimento).  Quando a transferência de torque para as rodas traseiras não é necessária, como em velocidade constante, o eixo traseiro é desacoplado para reduzir o arrasto.

O sistema também pode detectar quando o CR-V está numa subida, enviando então uma maior dose de força para as rodas traseiras, em colaboração com o sistema Brake Hold. Ele mantém a pressão do freio depois que o pedal é liberado, dando tempo ao motorista para acelerar e retomar o movimento com suavidade.

Rodagem refinada e dinâmica

O refinado chassi do CR-V proporciona uma dirigibilidade ágil e confiante com rodagem estável e equilibrada. A suspensão dianteira MacPherson e a suspensão traseira multibraços utilizam amortecedores de baixo atrito especialmente desenvolvidos para o modelo, bem como barra estabilizadora tubular na dianteira e sólida na traseira, que melhoram o comportamento e as respostas na entrada das curvas e reduzem a inclinação da carroceria. Para filtrar ainda mais as imperfeições, o CR-V conta com buchas hidráulicas nas suspensões dianteira e traseira.

A utilização de uma suspensão dianteira com torres de amortecimento aumenta o espaço disponível para reforços da estrutura que protegem os ocupantes em uma colisão. Enquanto isso, a compacta suspensão traseira multibraços oferece uma excelente combinação de qualidade de rodagem e dirigibilidade, ao mesmo tempo que maximiza o espaço para o banco traseiro e bagagem.

A direção Electric Power Steering (EPS) com duplo pinhão e redução variável também contribui para a sensação de controle direto ao volante do CR-V.

Comercialização

O CR-V Touring 2021 está chegando às concessionárias Honda nas cores Topaz White Pearl, Crystal Black Pearl e Platinum Silver Metallic, com três opções de acabamento interno, dependendo da cor externa: marfim, preto ou cinza. O modelo possui garantia de três anos, sem limite de quilometragem.

  • 05/05/2021

    Honda CR-V 2021 chega renovado no design, com novos equipamentos e ainda mais seguro

    A Honda Automóveis do Brasil inicia as vendas do CR-V 2021. O SUV mais completo da marca recebeu [...]

    LER NOTÍCIA
  • 08/02/2021

    Sustentabilidade na Honda

    O parque eólico da Honda Energy do Brasil, pioneiro no setor automotivo brasileiro, é um exemplo de como [...]

    LER NOTÍCIA
  • 25/11/2019

    Honda City comemora 10 anos no Brasil

    A produção nacional do Honda City chega aos dez anos. O carro é montado na fábrica de Sumaré (SP) ao [...]

    LER NOTÍCIA